05
Nov 07

Não sei o que fazer...

Não sei o que fiz...

Deixaste-me tão triste...

Parecia que o teu amor tinha acabado...

E se demorasses muito tempo a deitares-te a meu lado...

     ... começava a ficar desconfiado...

O tempo passava tão devagar...

     ... mas eu sabia que o amor renasceria...

           ... e voltarias para mim...

"Já chega", pensei um dia...

"Já chega", ouvi-te dizer...

Mas depois voltarias para casa...

     ... e faríamos amor...

          ... como se pode recusar isso?!

Entraste na minha vida como um relâmpago ...

     ... mas depois ignoras-me...

Pergunto-me por que não me deixaste mais cedo por ele?

Fizeste-me sentir tão em baixo...

     ... enquanto te andavas a divertir...

Nunca quis magoar-te tanto assim...

     ... pensei que o meu amor era suficiente para te fazer sorrir...

Sentado no carro...

     ... observava-te a passar com outro que mais tarde irias ******...

Podia-o ouvir dizer, às gargalhadas, que é muito melhor se lamberes devagar...

Se calhar é altura de fazermos algumas alterações...

Queres avançar para outro patamar...

Mas depois apercebes-te de que não consegues fingir...

Mostras-te arrependida...

     ... mas agora já é tarde demais...

 

 

 

 

 

 

 

 

 

 

 

Escrito por Someone Else às 08:29
Hoje estou:: apetece-me partir algo
música: I Wonder - Gomo

Não!!!
De modo algum...

;-)

ah! então ainda bem.

bjo
Someone Else a 7 de Novembro de 2007 às 15:22

Novembro 2007
Dom
Seg
Ter
Qua
Qui
Sex
Sab

1
2
3

4
5
6
7
8
9
10

13
14
15
16
17

18
19
20
21
22
23

25
26
27
28
29
30


Subscrever por e-mail

A subscrição é anónima e gera, no máximo, um e-mail por dia.

mais sobre mim